Em expansão, Centro de Oncologia da Santa Casa de Marília realiza 5.497 cirurgias e 38.190 consultas


Nos dois últimos anos com números consolidados, o hospital também promoveu 22.861 sessões de quimioterapia, com 18.454 delas (80,7%) sendo realizadas pelo SUS

Em pleno processo de expansão, o Centro de Oncologia da Santa Casa de Misericórdia de Marília atende grande fluxo de pacientes da região do DRS IX (Departamento Regional de Saúde). Em 2020 e 2019, a unidade hospitalar filantrópica mariliense teve 5.497 cirurgias oncológicas realizadas em suas dependências, sendo 2.628 (47,8%) via SUS (Sistema Único de Saúde). Total de 38.190 consultas de pacientes com câncer também foram efetivadas no mesmo período, sendo que a grande maioria, 31.406 (82,2%), através do SUS.

Nos dois últimos anos com números consolidados, a Santa Casa de Marília também promoveu 22.861 sessões de quimioterapia, com 18.454 delas (80,7%) sendo realizadas pelo SUS. A quantidade de internações chegou a 1.107, com 774 (69,9%) via Sistema Único de Saúde.


 
“O Centro de Oncologia da Santa Casa de Marília atua há mais de 20 anos em Marília atendendo a nossa região. Os dados de produtividade mostram que somos o hospital que mais opera câncer e o que mais trata oncologia na região. Trabalhamos com foco na qualidade da assistência, com abordagem e acolhimento multidisciplinar, para que os pacientes possam ter, não só o cuidado médico e de enfermagem, mas também a assistência focada na parte nutricional, psicológica, fonoaudiológica, odontológica e de terapia ocupacional, proporcionando assim uma evolução melhor em todos os sentidos dentro do nosso ambulatório. Temos uma equipe formada por profissionais capacitados nas melhores instituições, que fazem parte de sociedades médicas dentro das suas especialidades e que atuam de forma direta com o paciente. Disponibilizamos um médico de referência por paciente”, enfatizou a médica oncologista coordenadora do Centro de Oncologia da Santa Casa de Marília, Lia Rachel Gaspari.

Levantamento recente que consta na base de dados DataSUS aponta que a Santa Casa de Marília é o hospital da região que fez mais internações oncológicas no DRS IX, com total de 5.992 pacientes internados em seu Centro de Oncologia nos últimos cinco anos.

“Temos o pronto-socorro referenciado, que faz a assistência inicial quando os pacientes têm as suas urgências, sempre com um oncologista clínico, um oncohematologista ou um oncocirurgião de plantão, para que o paciente tenha sempre uma continuidade do seu tratamento e uma assistência plena necessários para as intercorrências que acontecem ao longo do tratamento oncológico. Estes são diferenciais importantes. Priorizamos a qualidade dos medicamentos utilizados para o tratamento oncológico, com seleção prévia de medicamentos de qualidade, utilizados em grandes hospitais de São Paulo, como o Sírio-Libanês. Isso traz um impacto positivo no tratamento dos pacientes. A Santa Casa de Marília sempre nos deu liberdade para fazer o que é o melhor para que os pacientes possam ter mais qualidade de vida”, disse a médica Lia Rachel.

Vale destacar que, por conta da assistência em oncologia de qualidade prestada pelo hospital, recentemente a Santa Casa de Marília foi credenciada pelo Governo do Estado de São Paulo para atender pacientes do Hospital Regional de Assis, passando a prestar serviços também na cidade vizinha. Há três anos e meio, o hospital mariliense também já é o responsável pela gestão do AME (Ambulatório Médico de Especialidades) de São Carlos.

Qualidade na assistência

Os depoimentos de pacientes atendidos pelo Centro de Oncologia da Santa Casa de Marília comprovam a qualidade na assistência prestada no cotidiano. “Faço tratamento de câncer desde 2018 no hospital e só tenho a agradecer. A equipe é maravilhosa, sou muito bem tratada e tudo 100% SUS”, mencionou a comerciante da cidade de Marília, Rosângela Aparecida Grilo Maldonado, de 63 anos.

Moradora de Assis, a dona de casa Talita dos Santos Carolino Toni, de 24 anos, faz tratamento na Santa Casa de Marília desde 2019. “Comecei a fazer quimioterapia este ano, após a constatação de um câncer no pulmão. Parece que estou em casa de tão bem atendida que sou. A equipe de profissionais e a direção do hospital estão de parabéns pelo grande trabalho que desenvolvem”.

Expansão

De acordo com o Inca (Instituto Nacional do Câncer), a estimativa para a região do DRS IX, composta por 62 municípios com aproximadamente 1,2 milhão de pessoas, é do surgimento de 330 novos casos de câncer a cada 100 mil habitantes. “Precisamos estar preparados para receber e assistir esta população”, disse a médica coordenadora do Centro de Oncologia da Santa Casa de Marília.

Para isso, investimentos estão programados para acontecer, como a implantação da Unidade de Radioterapia, com acesso pela rua 21 de Abril, no espaço onde funcionava o antigo estacionamento de funcionários.

Além disso, projeto que se encontra em fase avançada vai ampliar o setor de internação do Centro de Oncologia da Santa Casa de Marília, com a disponibilização de mais apartamentos em locais hoje ocupados por áreas administrativas e Laboratório de Análises Clínicas, que em breve deverão ser remanejados.

Desta forma, a Santa Casa de Marília vai ampliar a sua capacidade assistencial e continuará sendo uma das principais prestadoras de serviços no atendimento de pacientes em tratamento de câncer do interior do Estado de São Paulo.






Fonte: Assessoria de Imprensa
Comentarios do Facebook:



Links Úteis