Santa Casa de Misericórdia de Marília realiza Planejamento Estratégico para os próximos seis anos


Workshop envolveu as principais lideranças do hospital no Estoril Hotel 

A Santa Casa de Misericórdia de Marília realiza o seu Planejamento Estratégico para os próximos seis anos (com atualizações a cada dois anos), considerando a sua avaliação no momento e a necessidade de planejar ações eficientes a médio e longo prazo. Nos dias 27 e 28 de fevereiro, no Estoril Hotel, profissionais da Inforhealth Consultoria e Educação Integradas em Saúde fizeram um workshop para as principais lideranças do hospital com o objetivo de construir um planejamento que vislumbre aspectos administrativos e assistenciais, considerando o negócio da empresa: Saúde. 

O diretor-executivo da Inforhealth Consultoria e Educação Integradas em Saúde, Luís Ângelo Ozan Maligieri e a professora Ana Gomes Tomazelli, coordenaram as atividades.

Entre os temas abordados estiveram “Matriz de SWOT, Ciclo PDCA (Plan - Do - Check  - Act/ planejar – fazer – checar e corrigir”, “Matriz GUT (Gravidade, Urgência e Tendência)” e posicionamento estratégico.


“Primeiro precisamos saber onde a instituição quer chegar e através de indicadores traçar o planejamento. O que foi planejado deve ser executado, gerando posteriormente a necessidade de checagem constante das ações implementadas. Identificar prioridades, prazos, responsáveis e avaliações  sistematizadas do que foi planejado torna-se essencial ”, enfatizou Maligieri.

“É preciso que a empresa/instituição enxergue suas forças e fraquezas, oportunidades e ameaças. É importantíssimo este cruzamento de informações, fazer este diagnóstico. Somente desta forma será possível melhorar a qualidade na assistência em saúde e também aproveitar as chances oferecidas pelo mercado. Não tem como planejar sem conhecer o local onde o serviço é prestado”, disse Tomazelli.  

O 1º vice-provedor da Santa Casa, Norival Carneiro Rodrigues, lembrou da situação difícil de muitas Santas Casas do País e lembrou que a unidade hospitalar de Marília funciona. “Temos uma tabela SUS (Sistema Único de Saúde) extremamente defasada e algumas dificuldades, mas enfrentamos tudo da melhor forma e conseguimos garantir um atendimento de qualidade aos nossos pacientes”.

O superintendente do hospital, Sérgio Stopato Arruda, destacou que no primeiro Planejamento Estratégico da Santa Casa de Marília, em 2006, a palavra era “sobrevivência” e mesmo reconhecendo que existe muito a evoluir, ele ressaltou que a instituição está no caminho certo. “Acredito que atividades como esta são fundamentais para levantarmos as nossas dificuldades e apontarmos soluções, estando assim preparados para os novos desafios”.

O presidente do Conselho Administrativo da Irmandade Santa Casa de Misericórdia de Marília, Romildo Raineri, enfatizou a importância do trabalho desenvolvido no hospital. “A atividade hospitalar talvez seja a mais complexa que exista e pode ter certeza que o serviço oferecido pela instituição faz sim toda a diferença na vida das pessoas. O Planejamento Estratégico é importante para as nossas lideranças atuarem de forma integrada e saberem onde a Santa Casa quer chegar”. 






Fonte: Assessoria de Imprensa da Santa Casa
Comentarios do Facebook:



Links Úteis