SCIH da Santa Casa de Marília faz campanha sobre a importância da higienização das mãos


Serviço de Controle de Infecção Hospitalar tem percorrido diversos setores do hospital 

O SCIH (Serviço de Controle de Infecção Hospitalar) da Santa Casa de Misericórdia de Marília realiza campanha para orientar colaboradores, pacientes e acompanhantes sobre a importância da higienização das mãos.

Em 5 de maio foi lembrado o Dia Mundial de Higienização das Mãos e atividades estão sendo desenvolvidas para informar sobre o procedimento correto no momento de lavar as mãos com água e sabão ou de higienizá-las com álcool gel. A equipe do SCIH tem percorrido os diversos setores do hospital orientando sobre a forma correta de higienizar as mãos, reforçando sempre a técnica a ser adotada e os momentos primordiais. 

“Com água e sabão, é preciso esfregar bem as mãos, de 40 a 60 segundos, enquanto que com o álcool gel o procedimento deve ser de 20 a 30 segundos. É importante esfregar bem a palma, o dorso, a região entre os dedos, o polegar e o punho”, explicou a médica infectologista e coordenadora do SCIH, Neila Raquel Capelli da Silva.

Bombons também estão sendo entregues aos colaboradores com cartão contendo os dizeres “Cuidado seguro para todos está em suas mãos”.

“Já há alguns anos foram instalados dispensers e pumps de álcool gel pelo hospital, uma vez que não é em todo lugar que existe pia com torneira para lavar as mãos com água e sabão. Cada vez mais lembramos que esta é uma medida muito importante para evitar infecções”, enfatizou a profissional do SCIH. 

Neila elogiou a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Adulto e REC (Unidade de Recuperação Cardiológica) da Santa Casa de Marília pelos recentes resultados apresentados. “Fomos selecionados entre 120 hospitais do País e estamos participando do Proadi (Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional) do Ministério da Saúde, com redução considerável do número de infecções. Para isso, ações importantes vêm sendo promovidas no hospital e este trabalho para estimular a higienização das mãos é uma delas”.

Em 2017, a UTI Neonatal e Pediátrica da Santa Casa de Marília foi premiada pela SCIH com o menor índice de infecção do hospital e a maior utilização de álcool gel para higienização das mãos. Neste mês de maio, encontro será promovido para anunciar o setor que se destacou no ano de 2018. “Acredito que seja importante este reconhecimento e o que nos deixa satisfeitos é que estamos sentindo esta evolução e o comprometimento dos nossos colaboradores”, concluiu.      






Fonte: Assessoria de Imprensa da Santa Casa
Comentarios do Facebook:



Links Úteis