Santa Casa de Marília inaugura a modernização de 30 apartamentos da Ala F com o apoio da sociedade


A Santa Casa de Misericórdia de Marília inaugurou a modernização de 30 apartamentos da Ala F com o apoio da sociedade, em solenidade na manhã do dia 8 de fevereiro que contou com a presença de autoridades e empresários.

O provedor da Santa Casa, Milton Tédde, elogiou o empenho da Direção e o apoio de empresários e da sociedade mariliense como um todo. “Ficamos satisfeitos em ver esta modernização da Ala F e isso só foi possível graças à transparência da gestão do hospital, que atrai estes investimentos. A todos vocês o meu muito obrigado”.

O 1º vice-provedor do hospital, Norival Carneiro Rodrigues, lembrou do engajamento do grupo de empresários da cidade, que não mediram esforços para que fosse alcançado este primeiro objetivo. “Tivemos apoio importante dos empresários Roberto Borghette e Ruy Rocha, fundamentais na captação de recursos junto ao empresariado e não paramos por aí. Já estamos com oito apartamentos da Ala E reformados e após concluídas estas outras 30 unidades vamos iniciar os investimentos no nosso Hospital do Câncer. A parceria continua”.

O superintendente geral da Santa Casa, Sérgio Stopato Arruda, apresentou alguns números de atendimentos do hospital. “Realizamos 79% dos nossos procedimentos através do SUS (Sistema Único de Saúde) e mesmo com as dificuldades encontradas conseguimos um resultado financeiro satisfatório. Em virtude do trabalho sério que desenvolvemos, recebemos investimentos como este do empresariado para a modernização da Ala F”.

Com 50 anos de Santa Casa de Marília, o diretor clínico do hospital, Lélio Carli Batista, destacou os ganhos com a modernização da Ala F. “Era uma reforma necessária e que deixou este setor de internação mais acolhedor e moderno. É muito importante a revitalização da hotelaria do hospital para continuarmos em nossa constante busca pela excelência”.

Os empresários Roberto Borghette de Melo e Ruy Rocha foram fundamentais na busca de apoio dos empresários. “Há 10 anos, um empresário de Pompeia mencionou uma iniciativa semelhante e então fui procurado pelo Nori (1º vice-provedor do hospital, Norival Carneiro Rodrigues), que passou esta demanda existente para mim. O Ruy Rocha encampou esta ideia e decidimos procurar outros empresários. Conseguimos captar estes recursos com o projeto na planta e graças a Deus tivemos este grande apoio. Fui tocado em meu coração, mas essa reforma só foi possível porque todos os corações envolvidos foram tocados”, enfatizou Borghette.

O presidente da Unimed Marília, Cléber Baldelin, mencionou a parceria com a Santa Casa de Marília e os aspectos positivos desta modernização da Ala F da unidade hospitalar. “Sem dúvida alguma quem ganha com isso é a sociedade de Marília e região. Os empresários estão de parabéns por este valoroso investimento”.

O prefeito Daniel Alonso (PSDB) lembrou que a Santa Casa de Marília é exemplo de gestão para todo o País. “Isso se deve à transparência desta diretoria que aí está e que vem desempenhando um grande papel na assistência em saúde para Marília e região. Por tudo isso, podemos dizer com tranquilidade que a administração do hospital está no caminho certo”.

O secretário municipal da Saúde, Ricardo Mustafá, agradeceu a parceria da Santa Casa de Marília. “Com certeza é um hospital muito importante para a saúde local e regional. Antes, a União respondia por 90% dos custos do SUS, mas cada vez mais essa responsabilidade tem sido do município. Nosso orçamento é limitado e é valoroso que empresários estejam imbuídos desse espírito e estejam investindo para esta parceria vital à oferta de serviços de qualidade para a  população”.

O presidente da Câmara Municipal, Marcos Rezende (PSD), fez questão de lembrar do trabalho desenvolvido por todos da Irmandade, sob o comando do provedor Milton Tédde e do 1º vice-provedor, Norival Carneiro Rodrigues. “Foi por conta do empenho deles que empresários, abnegados, resolveram ajudar a Santa Casa e promover esta importante reforma. O hospital hoje é um orgulho para Marília”. 

A modernização

Nesta 1ª fase da reforma da internação da Santa Casa de Marília, foram contemplados 30 apartamentos da Ala F, em uma área total de 958.46 m². Foram promovidas melhorias como a substituição dos revestimentos, das instalações elétricas e hidráulicas, rede de oxigênio, sistema de aquecedor solar com rede de água quente, instalação de elevador servindo três pavimentos, abertura de saída de emergência com escada para acesso externo, colocação de novas esquadrias, adequação dos banheiros para acessibilidade e aquisição de mobiliários novos e planejados.

Os corredores de acesso aos apartamentos da Ala F foram totalmente reformados com revestimentos de piso em porcelanato, implantação de forro de gesso, pintura, instalação de bate-maca tipo corrimão, iluminação de LED e comunicação visual.

Os apartamentos contam com as mais modernas camas elétricas, televisores de LED com receptores de tv a cabo, aparelhos de ar-condicionado inverter, frigobar e acessórios assistenciais modernos como a mesa para alimentação em que o paciente tem a comodidade de fazer as suas refeições com um móvel que se adapta ao leito.

Estes investimentos para a modernização dos apartamentos da Ala F contaram com a colaboração da sociedade (sobretudo empresários), proporcionando mais estrutura, mais conforto, mais segurança e mais humanização aos pacientes atendidos, bem como aos seus acompanhantes.

Além disso, já está em andamento a modernização de outros 30 apartamentos da Ala E, já com 8 apartamentos prontos, bem como outros projetos que serão colocados em prática, como é o caso da ampliação da estrutura de atendimento da Oncologia e a criação do Hospital do Câncer da Santa Casa de Marília.






Fonte: Assessoria de Imprensa da Santa Casa
Comentarios do Facebook:



Links Úteis