Novembro Azul: Urologista da Santa Casa de Marília recomenda exame de toque a partir dos 45 anos


Homens com histórico familiar da doença e afrodescendentes devem fazer o exame a partir desta idade

O médico urologista da Santa Casa de Misericórdia de Marília, André Guzzardi, fez uma recomendação aos homens com histórico familiar de câncer de próstata. “O exame de toque retal deve ser feito a partir dos 45 anos para quem tem casos da doença na família, mais especificamente com primeiro grau de parentesco (pai ou irmão) - e afrodescendentes. Para os demais homens, o exame deve ser feito a partir dos 50 anos de idade”.

Todos os anos a Santa Casa de Marília desenvolve diversas atividades durante o Novembro Azul. Porém, em 2020, com a pandemia de Covid-19, as recomendações da OMS (Organização Mundial da Saúde) estão sendo seguidas e as divulgações estão ocorrendo nos órgãos de imprensa e nas redes sociais.

“Muita gente acha que fazendo o PSA (exame de sangue de Antígeno Prostático Específico) já é o suficiente para identificar o câncer de próstata. Mas não. Este tipo de análise laboratorial pode não apresentar alteração e o tumor já estar presente na próstata do homem. Por isso, a importância em fazer o exame de toque retal, que é muito simples e pode fazer toda a diferença”, enfatizou Guzzardi.

O profissional informou que a novidade em termos de diagnóstico do câncer de próstata é o exame de imagem, que auxilia a biópsia direcionada em caso de constatação de alteração. “É um tipo de ressonância magnética diferenciada que pode dar muitas respostas ao profissional de medicina. Mas vale ressaltar que ainda não é um procedimento tão comum”.

O urologista lembrou da importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata. “Esta atitude do homem, de procurar um médico e identificar o quanto antes a doença, pode aumentar sobremaneira as chances de cura dos pacientes”.

O câncer de próstata é o segundo tipo de câncer mais frequente no homem. Anualmente são registrados 65 mil novos casos da doença no Brasil, conforme informações do Inca (Instituto Nacional do Câncer), ligado ao Ministério da Saúde. Em 60% dos casos o câncer de próstata acomete homens a partir dos 65 anos.

Alguns dos sintomas que podem caracterizar o câncer de próstata são: dificuldade de urinar, diminuição do jato de urina, necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite e sangue na urina. Na maior parte das vezes, esses sintomas não são causados por câncer, mas é importante que eles sejam investigados por um médico para que haja um diagnóstico preciso.

Hábitos de vida saudáveis como uma alimentação balanceada e a prática de atividades físicas são importantes para prevenir a doença.

O tratamento do câncer de próstata pode acontecer através de prostatectomia radical, sessões de radioterapia, braquiterapia, bloqueio androgênico e quimioterapia.






Fonte: Assessoria de Imprensa
Comentarios do Facebook:



Links Úteis