Nardi anuncia mobilização do PR em prol de recursos à Santa Casa


O aumento da demanda por procedimentos de alta complexidade do SUS, atraindo para a Santa Casa de Misericórdia de Marília pacientes de mais de 60 municípios da região, obrigam a instituição a investir continuamente na aquisição de equipamentos de alto custo. Sensibilizado com essa situação, o presidente da Câmara, engenheiro Luiz Eduardo Nardi, anunciou que irá mobilizar lideranças do PR (Partido Republicano) para destinar recursos de emendas parlamentares ao hospital de Marília.

Referência em ortopedia, cirurgia cardíaca e hemodinâmica, oncologia, terapia renal substitutiva (transplante renal), urologia, entre outros, a Santa Casa sofre com a falta de recursos, tendo em vista que a tabela SUS está congelada há muitos anos. Dessa forma, as emendas parlamentares, em âmbitos estadual e federal, constituem importante fonte de recursos para que a entidade possa manter-se atualizada tanto na parte de diagnóstico como de tratamento de alta complexidade.

“Vamos contatar todas as lideranças do nosso partido, o PR, não apenas em São Paulo, mas também em Brasília. Através de emendas aos orçamentos do governo do Estado e do governo federal esperamos que a Santa Casa de Marília seja contemplada com recursos em 2014”, assinalou o presidente da Câmara, por meio de sua assessoria.

Segundo Nardi, na área de abrangência da Santa Casa de Marília são atendidos pelo SUS mais de um milhão de pessoas. “A busca por recursos que venham melhorar a saúde pública deve ser uma constante. E nós temos que usar todos os meios, incluindo levar nosso pleito os deputados estaduais e federais e senadores a fim de conseguirmos mais verbas para Marília”, concluiu.

A superintendente do hospital, Kátia Ferraz Santana, agradeceu a mobilização e destacou que a Santa Casa tem registrado aumento frequente da produção de serviços. “Estamos gratos ao presidente da Câmara de Marília, pela sensibilidade às necessidades da população e a importância da Santa Casa de Marília. Como demonstrou nosso relatório semestral, tivemos elevada prestação de serviços, com crescimento de mais de 30% nas cirurgias. É fundamental melhorar a estrutura como um todo, até para que possamos sustentar esse crescimento”, disse Kátia Santana.





Fonte: Assessoria de Imprensa
Comentarios do Facebook:



Links Úteis