Com redução de 53% em acidentes, instituição inicia 26ª Sipat


Para manter a conscientização sobre a importância da segurança no trabalho, começou nesta segunda-feira (12) a 26ª edição da Sipat (Semana Interna de Prevenção de Acidentes) da Santa Casa de Misericórdia de Marília. Mais de 800 funcionários diretos, além do corpo clínico com cerca de 350 médicos, serão envolvidos em uma programação interativa e dinâmica. A semana é apenas um período “intensivo”, para destacar ações que são desenvolvidas durante o ano todo. Embora o foco seja a prevenção de acidentes, também é uma oportunidade para integrar otrabalhadores e difundir o diálogo, sobre todos os temas.

A experiência desenvolvida pela Santa Casa mostra que o diálogo é o principal aliado da segurança. De acordo com o terapeuta ocupacional Kléber Renato Pelarigo, integrante da Cipa (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes), a instituição conseguiu reduzir em 53% os acidentes com instrumentos pérfuro-cortantes, após a implantação de dois programas. Um deles é o “Projeto Apoiador”, que consiste na adesão voluntária de um funcionário mais experiente, para orientar e auxiliar um novo colaborador, no exercício das funções. A ideia é transmitir segurança e evitar erros que podem ocasionar acidentes.

A outra iniciativa é o "Projeto Integração”, que reúne uma vez por mês funcionários de diferentes áreas, para troca de experiências, dinâmicas de grupos, palestras sobre temas de interesse do profissional de saúde. “Já está provado que informação é a melhor forma de melhorar a segurança no trabalho. Com essas ações, conseguimos divulgar mais rapidamente as orientações da Cipa”, afirma Pelarigo.

Programação

Embora seja um evento obrigatório nas empresas brasileiras, previsto na legislação trabalhista, a Sipat deve ser dinâmica e atraente para os colaboradores. Por isso a Santa Casa aposta em uma programação focada no interesse do trabalhador, para garantir maior adesão. Os palestrantes farão dinâmicas de grupo e os organizadores do evento irão sortear brindes, que foram doados por empresas parceiras.

As palestras vão além dos temas tradicionais, como doenças sexualmente transmissíveis. A pauta também traz palestra sobre “Assédio Moral” e “Direitos e Obrigações dos Cidadãos com o INSS”. Os colaboradores também serão orientados sobre “Saúde e Bem Estar com Boa Alimentação” e “Atividades Físicas”. A Sipat é aberta para o público externo, da saúde e também de outras áreas profissionais. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3402-5555, ramal 5633.




Fonte: Assessoria de Imprensa
Comentarios do Facebook:



Links Úteis