Com 18 transplantes renais realizados em 2017, Santa Casa destaca a importância da doação de órgãos


Neide Alves Canavarro, de 55 anos, passou por transplante de rim no dia 15 de setembro

Com 18 transplantes renais realizados em 2017, a Santa Casa de Misericórdia de Marília destaca a importância da doação de órgãos. Trabalho importante vem sendo realizado durante a campanha Setembro Verde.

Neste dia 27 é comemorado o Dia Nacional de Doação de Órgãos e diversas mobilizações estão sendo promovidas em todo o País para evidenciar a importância da data e fazer com que as pessoas informem seus familiares em vida sobre a opção de doar órgãos.

Além de mostrar às pessoas que a doação de órgãos pode salvar vidas, o Setembro Verde na Santa Casa arrecada brinquedos a serem entregues para diversas entidades assistenciais da cidade em data próxima ao Dia da Criança. O objetivo é mostrar às crianças desde cedo a importância de se praticar um ato de solidariedade.

Brinquedos novos e usados, mas em bom estado, estão sendo recebidos no SESMT (Serviço Especializado em Segurança e Medicina do Trabalho) e no setor de Hotelaria/Ouvidoria da Santa Casa de Marília. As doações poderão ser feitas até a primeira semana de outubro.

Brinquedos arrecadados durante o Setembro Verde na Santa Casa

Durante este mês de setembro, a Santa Casa iluminou de verde a fachada do prédio na avenida Vicente Ferreira. Equipes do SND (Serviço de Nutrição e Dietética), da Enfermagem, do Centro Cirúrgico, da Central de Materiais e da Higiene estão utilizando toucas de cor verde para chamar a atenção das pessoas sobre a importância da doação de órgãos. Panfletos com orientações relativas à temática da campanha também estão sendo distribuídos.

Vida nova

A doação de órgãos mudou a vida da contadora Neide Alves Canavarro, de 55 anos. Ela já fazia tratamento na Santa Casa de Marília há 21 anos e passou por transplante de rim no último dia 15 de setembro. “Iniciei fazendo diálise peritonial e depois passei para hemodiálise. Há oito anos e meio eu estava na fila aguardando pelo procedimento”.

Neide salientou que a partir de agora terá vida nova. “Vou poder tomar água à vontade e comer de tudo, principalmente frutas, que gosto bastante e quase não podia comer por não ter os rins. Sou fã de laranja, melancia e banana, que era preciso evitar por conta do potássio”.

A enfermeira do setor de Nefrologia da Santa Casa, Aline Evangelista, afirmou que o hospital segue o RGCT (Registro Geral da Central de Transplantes), coordenado pela Secretaria de Estado da Saúde. “De acordo com o critério técnico e a indicação desta lista é que procedemos com a preparação e a realização do transplante no paciente”.

A Santa Casa de Marília é pioneira em transplante renal no país, tendo realizado desde 1982, 639 transplantes. Dos 18 procedimentos realizados somente este ano, um é de doador vivo e 17 de doadores falecidos. A equipe multiprofissional que faz os transplantes de rim no hospital tem o comando do médico nefrologista José Cícero Guilhen.

A fila de espera por transplantes renais no País tem 20.532 pessoas. Em 2016, no Brasil, foram 1.228 transplantes realizados com rins de doadores vivos e 4.436 transplantes com rins de doadores falecidos. No primeiro semestre de 2017, total de 307 transplantes renais de doadores vivos e 1.416 de doadores falecidos foram realizados em todo o território nacional.

Palestras e pedágio

A Cihdott (Comissão Intra Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante) da Santa Casa, ligada à OPO (Organização de Procura de Órgãos), que atende os 62 municípios do DRS IX (Departamento Regional de Saúde), promove nestes dias 26 e 27 de setembro, das 19h30 às 20h30, no salão de reuniões do hospital, palestras com informações importantes sobre a doação de órgãos. A iniciativa faz parte do Setembro Verde. Nestes dois dias, a coordenação da campanha também estará fazendo pedágio (das 8h30 às 10h30 e das 18h às 19h30), abordando funcionários para destacar a importância de se informar em vida a opção pela doação e também pedindo brinquedos que serão entregues a entidades assistenciais da cidade. 






Fonte: Assessoria de Imprensa da Santa Casa
Comentarios do Facebook:



Links Úteis