Exposição fotográfica na Santa Casa de Marília incentiva mulheres a lutar contra o tabagismo


“Troque o cigarro por um batom” é o tema da mostra de fotos do Senac

O tabagismo é um dos principais fatores de risco de morte precoce e incapacidade em todo o mundo, segundo o Ministério da Saúde. Uma exposição fotográfica organizada pelas alunas do curso Maquiador do Senac Marília, em parceria com a Santa Casa de Misericórdia de Marília, quer levar esperança e conscientização a mulheres para combater o vício do cigarro.

A exposição fotográfica “Troque o cigarro por um batom” estará aberta ao público a partir desta segunda-feira (18), às 10 horas, e permanecerá até o dia 2 de janeiro de 2018. O principal objetivo da mostra é apoiar mulheres que enfrentam diariamente o tabagismo e que desejam abandonar o consumo de cigarros. 

De acordo com Carolina Montoro, docente do curso Maquiador do Senac Marília, as alunas buscaram na maquiagem uma forma de melhorar a autoestima dessas mulheres. “Um simples batom pode ser uma ferramenta para vencer esse desafio. A mensagem das fotos é de esperança e reflexão, pois são histórias vitoriosas de mulheres que conseguiram vencer o vício”. 

Mulheres do Ambulatório de Tabagismo da Santa Casa foram fotografadas

As personagens que compõem as fotos da exposição são de mulheres que fazem parte do grupo ambulatorial de tabagismo da Santa Casa de Marília e que resolveram apoiar a campanha de conscientização.

Fotos estarão expostas de 18 de dezembro a 2 de janeiro no saguão próximo ao centro cirúrgico


Para Silvia Mara Ferraz de Assis Pinto, coordenadora do ambulatório de tabagismo da Santa Casa de Marília, a exposição reflete a beleza da mulher após deixar o tabagismo. “Depois do tratamento, é nítida a transformação e restauração da pele, por exemplo. Essa exposição fotográfica exalta um lado que muitas mulheres nem conheciam, e isso mexe de forma positiva com a autoconfiança delas”.


Tabagismo no Brasil

De acordo com um estudo britânico, apresentado neste ano sobre tabagismo no mundo, o Brasil ocupa o oitavo lugar no ranking de fumantes. São 7,1 milhões de mulheres e 11,1 milhões de homens. A pesquisa também apresenta dados coletados nos últimos 25 anos e traz boas notícias com relação à redução de fumantes. Segundo o estudo, a porcentagem de fumantes diários no país caiu de 29% para 12% entre homens e de 19% para 8% entre mulheres.      






Fonte: Assessoria de Imprensa da Santa Casa
Comentarios do Facebook:



Links Úteis