Cihdott da Santa Casa promove Treinamento do Protocolo de Morte Encefálica e Manutenção do Potencial Doador


Enfermeiros das UTIs participaram das atividades no salão de reuniões do hospital

A Cihdott (Comissão Intrahospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes) da Santa Casa de Misericórdia de Marília promoveu o Treinamento do Protocolo de Morte Encefálica e Manutenção do Potencial Doador, nos dias 12 e 13 de novembro, no salão de reuniões do hospital.

A enfermeira coordenadora da Cihdott da Santa Casa, Marisa Regina Stradioto, destacou que este treinamento teve como foco contribuir com o conhecimento técnico e científico dos enfermeiros das UTIs (Unidades de Terapia Intensiva). “A atividade foi muito produtiva no sentido de trazer este tema tão importante, que faz parte do cotidiano dos nossos profissionais”.

O treinamento foi ministrado pelo médico intensivista da Santa Casa, Caio Sola de Ponte e pelas enfermeiras da Cihdott, Micale Siqueira Cardoso e Tábata Neves.

Na oportunidade, os palestrantes informaram como fazer o exame para diagnóstico de morte encefálica. O protocolo seguido pela Santa Casa de Marília determina que sejam realizados dois exames clínicos por médicos diferentes e mais um enfermeiro, teste de apneia e exame complementar.

A partir da morte encefálica, é feita a avaliação para saber se é possível fazer a doação de órgãos, o que só será realizado com o consentimento da família, conforme determina a legislação.

“Reforçamos sempre a importância das pessoas comunicarem os seus familiares sobre a vontade de serem doadoras de órgãos”, enfatizou Stradioto.

‘Hospital Amigo do Transplante’

Em setembro deste ano, a Santa Casa de Marília foi reconhecida pela Secretaria de Estado da Saúde como “Hospital Amigo do Transplante”. A premiação é entregue às instituições que contribuem com ações para conscientizar as pessoas sobre a importância da doação de órgãos e realizações de transplantes.

Ações

Durante o Setembro Verde, o mês de conscientização da doação de órgãos, a Santa Casa de Marília realizou a Caminhada Pela Vida, na avenida das Esmeraldas, o Pedágio Pela Vida – para destacar a importância de ser doador e salvar a vida de outras pessoas, além de palestras em escolas para contar com o apoio de estudantes na multiplicação de informações sobre o tema.

A Cihdott

Implantada na Santa Casa de Marília há 16 anos, a Cihdott passou por um processo de reestruturação há três anos. Grupo de enfermeiras passou por capacitação técnica e iniciou o processo de enucleação - retirada do globo ocular para a captação de córneas, além de um trabalho mais intenso junto à Central de Transplantes de Órgãos. O médico Luiz Henrique Stéfano coordena a comissão. 






Fonte: Assessoria de Imprensa da Santa Casa
Comentarios do Facebook:



Links Úteis