Santa Casa de Marília atinge 81% de atendimentos através do SUS em seus ambulatórios


Estatística de 2018 do hospital aponta 513.016 procedimentos ambulatoriais realizados 

A Santa Casa de Misericórdia de Marília atingiu 81% de atendimentos através do SUS em seus ambulatórios. A estatística é referente ao ano de 2018 e aponta 513.016 procedimentos ambulatoriais realizados pelo Sistema Único de Saúde e 123.461 Não-SUS.

O hospital conta com ambulatórios nas seguintes especialidades médicas: Cardiologia, Vascular, Ortopedia, Bucomaxilo, Neurologia, Oftalmologia, Nefrologia, Otorrinolaringologia, Anestesiologia e Oncologias Clínica e Cirúrgica.

Compõem as unidades ambulatoriais da Santa Casa os Pronto Atendimentos Adulto, Infantil e Ortopédico e os Serviços de Hemodinâmica, Medicina Hiperbárica, Terapia Renal Substitutiva (Diálise Peritonial, Hemodiálise e Transplante Renal), Angiografia Digital, Imagem Diagnóstica, e Endoscopia, além de Laboratório de Análises Clínicas.

Os números comprovam o importante papel da Santa Casa de Marília na assistência em saúde para uma região com aproximadamente 1,5 milhão de pessoas abrangidas pelo DRS IX (Departamento Regional de Saúde) em 62 municípios.

Muito mais do que isso, o hospital que este ano completa 90 anos de existência cumpre com a sua missão de promover a saúde com dedicação, qualidade e humanização, valorizando a vida. 

Depoimentos

O auxiliar de produção Maikon de Lima Vieira, de 27 anos, sofreu uma lesão no ligamento cruzado do joelho direito jogando futebol com os amigos, há quatro meses e a partir de então passou a ser atendido pela Santa Casa de Marília. “Tudo pelo SUS. Passei por acompanhamento médico e estou me recuperando muito bem. Agora estou fazendo fisioterapia e em breve espero começar o fortalecimento do joelho na academia. Estou muito satisfeito com o atendimento do hospital”.

O açougueiro Rodrigo Aparecido de Jesus Ribeiro, de 39 anos, é morador de Cândido Mota e passou por várias cirurgias após sofrer acidente de moto. “Com o impacto, o meu joelho ficou fragmentado. Sou muito bem atendido na Santa Casa e tudo pelo SUS. Passei por uma cirurgia no dia 30 de novembro do ano passado e fiquei internado 17 dias. No último dia 23 de janeiro, fui submetido a outro procedimento cirúrgico, desta vez no tendão e na tíbia. Correu tudo bem, graças a Deus. Estou em plena recuperação”.  






Fonte: Assessoria de Imprensa da Santa Casa
Comentarios do Facebook:



Links Úteis